Slide show

[Tecnologia][slideshow]

06 mentiras da culinária que poucos conhecem

Este assunto foi a sugestão de um leitor, de a sua!

Sempre que compramos algo para comer, primeiramente olhamos o rótulo e assimilamos a ideia de que estamos consumindo aquilo que está escrito, no entanto será que realmente é aquilo? Nessa postagem você vai ver 06 mentiras da culinária que poucos conhecem.

Diga-se de passagem, que quando fiz essa pesquisa, me senti enganado! Vejam por que:

-> A tão famosa pipoca do cinema <-





Quem nunca sentiu aquele cheiro, marcante da pipoca, logo antes de entrar nas salas do cinema? Pois bem, um fato muito curioso sobe essa pipoca é a sua manteiga, no entanto o que praticamente ninguém sabe sobre ela é que na realidade ela não é de verdade! Como assim? Ela é um óleo de soja com aromatizante.

Quando falei isso a uma colega, ela disse que gostava de soja! Mas o fato não é o que está sendo usado, mas sim o que esta sendo vendido como “manteiga”. Quando compro pipoca com “manteiga” penso que estou comendo manteiga, e isso não é tudo, para completar o “saquinho”, a cor dela na verdade é dada graças ao corante beta caroteno.

Depois disso, pude perceber que basicamente da pipoca, o que realmente é verdadeiro, é o milho,.........espera.......será.............que isso é milho mesmo?

-> O Filé perfeito <-




Sabe aquele filé que comemos em restaurantes, e que simplesmente parece o pedaço perfeito? Talvez você esteja comendo dois pedaços colados, mas será que isso é realmente possível?

A resposta é sim, pois existe um tipo de cola usada para deixar a carne mais compacta. Essa "cola" é chamada de transglutaminase, é uma enzima que tem a capacidade de ligar as proteínas. A substância em pó é bastante utilizada na indústria de alimentos para transformar pedaços comuns em cortes nobres de carne. Você talvez procure os sinais de que seu file esteja “colado”, no entanto será praticamente impossível ver, pois após o cozimento, dificilmente nota-se a diferença.

-> O Spaghetti alla bolognesa <-



Você provavelmente conhece os spaghetti alla bolognesa! Esse spaghetti representa uma das maiores mentiras já contadas da cozinha italiana. Os Italianos não comem spaghetti com molhos espessos. O prato não existe, foi inventado pelos britânicos que adoram misturar molhos de lata com massa mole.

-> O Salmão <-



Já comeu salmão? Se a resposta for não, então provavelmente já viu algum prato onde continha salmão! Você deve saber que uma das características dele é sua cor rosada, que é dada graças a sua alimentação na vida selvagem, com consumo de pequenos crustáceos avermelhados chamados krill e que são semelhantes ao camarão.

Ai é que vem a verdade! Os salmões criados em viveiros — que são aqueles mais encontrados nos supermercados e peixarias — não têm essa alimentação, mas então como é que eles ficam rosa? 

Basicamente eles são “pintados”! Bem na verdade, para ficarem da mesma cor dos peixes selvagens, eles são alimentados com rações que contêm os pigmentos, por isso eles são rosa, e por incrível que parecença existe até uma escala de tons de rosa e alaranjado para os criadores escolherem, conhecida como a SalmonFan. E ais vão escolher uma cor?

 -> O Chocolate <-

Chegamos ao chocolate, no entanto tenha calma! Um fato curioso é que para ser considerado chocolate o produto tem que ter no mínimo 25% de cacau, no entanto é estranho que só tenha que ter esse percentual afinal de contas o cacau não é a matéria prima do chocolate?

Segundo uma denuncia de Marco Lessa, produtor de cacau, presidente da Associação de Turismo de Ilhéus (BA) e organizador de feira de chocolate, afirma que um em cada três chocolates comuns vendidos no Brasil, produzidos pelas grandes indústrias, não pode ter esse nome de chocolate porque não é feito com o percentual mínimo de cacau exigido pela legislação. Lembra-se dos 25%, se você achava pouco, mas muitos não chegam nem a 5%, segundo Lessa. Imagina o chocolate branco? Será que é branco mesmo?

-> A Cereja <-



Para fechar com chave de ouro, temos a cereja. Você acha que realmente comemos cereja?

Muitas das vezes o que realmente compramos e consumimos são replicas, e algumas delas são na verdade Chuchu, é isso mesmo que você leu, pode parecer mentira, mas realmente existem essas replicas, e não são raras.

Mas algumas vezes comemos as verdadeiras, principalmente aquelas com cabinho, no entanto muitas padarias e confeitarias recorrem à réplica bastarda, realmente fica difícil encontrar a diferença, pois quase ninguém percebeu!

Se for comprovada que a pessoa comprou esse frasquinho onde estava dito que era cereja e na verdade é chuchu e nem foi mencionado esse fato no rótulo, isso pode dar até um ano de detenção e multa de R$ 3 milhões. Na duvida olhe o rotulo, e tente encontrar sementes na suposta cereja, mas se for do tipo descaroçado, cheque se as bolinhas têm a concavidade em que antes ficava o caroço. Ou então aproveite o chuchu!


Máquinas

[Máquinas][stack]

Games

[Games][btop]