Slide show

[Tecnologia][slideshow]

Carros x Ônibus x Bicicletas


Hoje vivemos em busca de mais espaço, mais tempo, mais velocidade, e será que esses objetivos trazem um bom resultado? Em algumas cidades, e o espaço urbano é uma verdadeira “arena” onde os “gladiadores” são os carros, ônibus, motocicletas, bicicletas e os pedestres, todos lutando por espaço. 

Essa luta constante, nem sempre é vencida pelo mais forte, e nem pelo mais numeroso, muita das vezes são bastante injustas, e a maioria das pessoas sabem disso, afinal são elas que travam essa “guerra”.Veja esse vídeo, que caracteriza bem alguns motoristas:






Vejam esses dados interessantes sobre o transito:
  • Os automóveis privados, apesar de transportarem cerca de 20% dos passageiros, ocupam 60% das vias públicas, enquanto os ônibus que transportam 70% dos passageiros ocupam 25% do espaço viário nas grandes cidades brasileiras. (CNT, 2002);
  • Em 1960, 44,7% da população brasileira habitavam as cidades e não circulavam mais que 1,2 milhões de veículos. Em 2000 a frota registrada brasileira atingia a cifra de 30 milhões de veículos, sendo que 81,2% dos brasileiros já viviam nos centros urbanos. (Do Flagelo ao Sonho/Ruaviva, 2002), imaginem a situação hoje!
  • Anualmente um carro médio emite na atmosfera 5 toneladas de dióxido de carbono, sendo responsável por 60 a 80% da poluição atmosférica dos centros urbanos;
  • Cinco mil bicicletas em circulação representam 6,5 toneladas a menos de poluentes no ar, dez bicicletas estacionadas ocupam a vaga de um automóvel e cinco bicicletas em movimento ocupam o espaço de um automóvel. (Federação Portuguesa de Utilizadores de Bicicleta);
  • O tráfego de veículos em nossas cidades é responsável por cerca de 80 % do ruído urbano;
  • A produção de energia baseada na queima de combustíveis fósseis causadores do efeito estufa cresceu 42% entre 1980 e 2002 – deverá crescer 230% até 2050. (World Resources Institute/United Nations Environment Programme);
  • As soma do tempo perdido pelas pessoas no trânsito atinge a média de 240.000 horas;
  • Com mais tempo livre, o morador de uma grande cidade pode praticar atividade física em uma academia, ir ao cinema, visitar parques e museus, passear em shoppings, entre outras coisas;
  • Em 2007, pesquisadores da Universidade de São Paulo avaliaram 500 pessoas que trabalham nas ruas, como motoristas. Todas as pessoas expostas à rotina nas ruas apresentaram substâncias tóxicas no organismo e chance dobrada de desenvolver câncer do pulmão. Também podem desenvolver bronquite, asma e até infarto;
  • Os acidentes de trânsito matam, em média, quatro pessoas por dia em São Paulo. Também produzem milhares de feridos, além de propiciar o aparecimento de outras doenças, como stress, hipertensão e lesões por repetição de movimentos, e esse dado não para de crescer;

Para finalizar:

Vejam essa campanha da prefeitura de Münster, na Alemanha, que compara o espaço ocupado por vários modos de transporte e as vantagens de usar transporte público ou bicicleta. A campanha comparou o espaço necessário para transportar 72 pessoas:

  • Bicicleta: 72 pessoas são transportadas em 72 bicicletas, ocupando no total de 90 metros quadrados;
  • Carro: Com base na média de ocupação de 1,2 pessoas por carro, 60 carros transportam 72 pessoas, ocupando 1000 metros quadrados;
  • Ônibus: 72 pessoas podem ser transportadas em 1 (um) ônibus, que ocupa 30 metros quadrados. O ônibus, além disso, dispensa a necessidade, nas ruas, de espaço para estacionar.

Então, antes de culpar o transito, e as cidades por falta de espaço pensem em mudar sua rotina, escolha outro meio de transporte que possa lhe dar uma melhor qualidade de vida. Lembrando esse é um ponto de vista. E ai o que acham?

Veja também 09 curiosidades sobre estradas e pontes

Máquinas

[Máquinas][stack]

Games

[Games][btop]