Slide show

[Tecnologia][slideshow]

Erros comuns na alimentação de filhos e dicas para melhorar


"Meu filho não come", "Tenho que ficar correndo atrás do meu filho para que ele coma", “Come um pouco e deixa bastante e depois de um tempinho quer mais”, “Cadê aquele moleque, ele tem que comer agora”, são frases comuns aos pais, principalmente naquele momento em que acriança está para comer. Para evitar esse aborrecimento atitudes simples podem ser realizadas desde cedo, veja algumas:

  • Os famosos métodos já conhecidos como o aviãozinho, televisão ou a tão usada barganha para que a criança coma. A criança deve entender que sem a comida poderá ficar fraca, com fome e até doente. Qualquer atitude que faça com que a criança coma sem prestar atenção na comida é ruim, e principalmente obrigada;
  • Uma ótima opção é variar bastante na cor, de preferencia na mesma refeição, deve ser diversificada e balanceada para que a criança, não acabe enjoando, e ajuda para que ela aprender a comer de tudo e assim evitar qualquer distúrbio alimentar, como obesidade, bulimia ou anorexia;
  • Lembre-se que você é um modelo, para seu filho seguir. Sendo assim a dieta da criança segue a dos pais e de seus familiares. Por isso seja um ótimo exemplo, ou seja, se quer que seu filho seja uma criança saudável comece por você;
  • Cuidado com os excessos, pois tudo demais faz mal. Mas não significa que precisa ser rígido demais ou liberal demais, seja balanceado;
  • Outro ponto é a escolha da alimentação, procure orientação de um medico, para que possa saber quais alimentos são mais apropriados para a faixa etária do seu filho, não seja confiante demais com sugestões de amigos e familiares, pois cada caso é um caso, ou seja o que deu certo com um conhecido pode não dar com você; 


  • De acordo com Marcelo Reibscheid, pediatra do Hospital e Maternidade São Luiz e criador do Portal Pediatria em Foco, as crianças precisam ter horários regrados e a alimentação não foge desta regra. Mas é comum que, nos finais de semana, tudo fique fora de ordem e a coisa mude de figura. “E então pode virar um efeito dominó”, diz o especialista. Se a criança almoçar dois dias mais tarde do que o usual, vai ser difícil fazer com que ela almoce novamente no horário correto na segunda-feira; 
  • Para Alexander Gomes de Azevedo, nutrólogo e autor de “Pais Inteligentes, Filhos Saudáveis” (Editora Diagrama), o maior erro cometido pelos pais é alimentar os filhos com aquilo que é mais fácil de ser feito. O paladar da criança ainda está em formação e alimentá-la com salgadinhos, sanduíches e doces, é um mau começo. Vai ser ainda mais difícil fazê-la comer bem no futuro, já que estará acostumada com os vilões. Como dito antes seja um exemplo! O seu filho é seu tesouro cuide dele sem medir esforços; 
  • É muito comum pais se sentirem culpados por passarem bastante tempo fora de casa, mas encher as crianças de guloseimas ou levá-las a restaurantes de fast food não só não vai resolver o problema, como pode criar outros. De acordo com a nutricionista Camila Podete, consultora e responsável pela Nutri Materno Assessoria Nutricional, em São Paulo, esse expediente pode deixar a criança desinteressada por alimentos mais saudáveis, já que ela sabe que um prato de espinafre pode ser substituído por outro mais atraente; 




Muitas das vezes achamos que estamos agradando e deixando as crianças felizes, mas é nosso papel como pais, responsáveis e adultos, saber que esses momentos podem trazer consequências no futuro. Por isso é fundamental saber dizer não e mostrar o melhor caminho!


Máquinas

[Máquinas][stack]

Games

[Games][btop]